Ana Cristina Cunha aposta no aconchego com uso da cor no seu Living Coral na CASACOR PE 2019

sala-ilha-do-ferro_casacor-pe-2019_credito-morgana-nunes-1
Sala Ilha do Ferro, de Clarissa Lopes, presta homenagem a povoado alagoano na CASACOR PE 2019
20/09/2019
Exibir tudo

Ana Cristina Cunha aposta no aconchego com uso da cor no seu Living Coral na CASACOR PE 2019

living-coral_ana-cristina-cunha_credito-denilson-machado-5

Um ambiente que faz a cor abraçar o visitante. O aconchego do Living Coral, assinado por Ana Cristina Cunha para a CASACOR PE 2019, prova que é possível usar a tinta, uma opção acessível, para criar um ambiente sofisticado. A arquiteta traz toda sua experiência e criatividade na sua quinta participação na mostra de decoração, que será realizada entre os dias 14 de setembro e 03 de novembro, na Avenida Dezessete de Agosto, 1112, em Casa Forte, no Recife.

 

O espaço tem 120 m2 onde predominam nas paredes os tons cinza, verde e terra. Na área externa, o mobiliário tem uma pegada primitiva com materiais in natura modelados com o toque humano. “A proposta é fazer com que seja um local agradável, em que as pessoas relaxem a ponto de se desconectar do mundo”, explica a arquiteta. Na área interna, Ana Cristina Cunha projetou um living completo, com destaque para as paredes. “Criei painéis em sobreposição nas paredes para que o visitante possa perceber como a tinta pode ser trabalhada com elegância”, detalha Ana Cristina Cunha.

 

Ana Cristina fez a curadoria do mobiliário, dos objetos e das obras de arte em função da paleta de cores das paredes. As peças escolhidas são em vidro e na cor branca. Já as telas de Manoel Veiga, Bruno Vilela e Jorge Souza ganham molduras pretas. “Os objetos dão personalidade ao ambiente. Eles precisam ter diálogo com o espaço, proporções, desenho e materiais que tragam harmonia”, explica a arquiteta.

 

A obra do Living Coral preza pela sustentabilidade. A arquiteta Ana Cristina Cunha desenvolveu ao máximo uma construção seca, com o mínimo de resíduos. “Na área externa, a estrutura metálica minimiza as sujeiras de uma construção. Todas as paredes são de drywall, que também é uma construção limpa”, conta Ana Cristina. Feita de vidro, a cobertura permite uma grande entrada de luz natural. “Todo o material vai ser realocado depois. As pedras dos móveis, da bancada, do tampo de mesa, estão sendo utilizadas com as suas irregularidades. Optamos por não cortá-los para que possam retornar ao distribuidor da mesma forma que saíram das pedreiras, para que possam ser vendidos ao consumidor final sem modificações ou prejuízos”, finaliza Ana Cristina Cunha.

 

PARCEIROS: Tintas Coral; Finni; Daluz; Itálica; Morhar; Villa Garden; Marmorart; Cosentino; Cerâmica Elizabeth; Deca; Eletromec; LG; Vivix.

 

Serviço

CASACOR PE 2019

De 14 de setembro a 03 de novembro

Avenida Dezessete de Agosto, 1112, Casa Forte, Recife.

Os comentários estão encerrados.